Helicóptero e BOPE seguem para caçada a assaltantes de carro forte

Helicóptero e BOPE seguem para caçada a assaltantes de carro forte

COMPARTILHAR
Helicóptero já a caminho

Antônio Coca

Um forte esquema de segurança foi montado para tentar prender o bando que assaltou na manhã desta segunda-feira (2) um carro de transporte de valores da empresa Brink’s em um trecho da rodovia MS-156 entre as cidades de Caarapó e Amambai. Policiais civis e militares de várias cidades da região e até homens da Polícia Nacional do Paraguai estão posicionados na região de fronteira.

Novas informações dão conta que até dez homens em pelo menos três carros teriam participado da ação e todo o dinheiro que estava sendo transportado no carro forte foi levado. Poucos metros do local onde ocorreu a interceptação do carro forte um Jeep Renegade usado pelos marginais foi incendiado.

As buscas estão sendo coordenadas pela Polícia Militar Rodoviária que teria tentando interceptar os ocupantes de uma L 200 usadas pelos marginais, mas eles conseguiram fugir. Nenhum dos seguranças que estavam no carro forte foi ferido e deverão ser ouvidos ainda hoje pela polícia.

Reforço

Reforços das Polícias Militar e Civil inclusive com apoio através de helicóptero do Grupo de Patrulhamento Aéreo – GPA estão sendo enviados de Campo Grande para a região de fronteira onde homens armados com fuzis, assaltaram esta manhã um carro forte da Brinks na rodovia MS-156. Da Polícia Militar seguem equipes do BOPE – Batalhão de Operações Policiais Especializado e da Civil, policiais go GARRAS.

Há cerca de 2 anos uma ação semelhante atribuída a criminosos ligados ao PCC, um carro da mesma empresa foi explodido e o dinheiro foi levado pelos marginais que fugiram para Capitan Bado no Paraguai.