Homem é achado em casa, morto amordaçado, com mãos e pés amarrados

Homem é achado em casa, morto amordaçado, com mãos e pés amarrados

COMPARTILHAR

O domingo na Capital foi marcado por assassinatos e tentativas, sendo que em um dos casos a vítima teve o local onde mora invadido, foi amarrada, amordaçada torturada e morta. Os primeiros levantamentos da polícia, indicam que um parente tenha participado da execução.

Luiz Roberto Pereira dos Santos (26), foi achado morto em sua residência no condomínio localizado na Rua Napoleão Marques Siqueira, no Jardim Tijuca, pouco depois de 21h desse domingo (4). Foi a mãe de Luiz quem o encontrou morto e em desespero pediu ajuda aos vizinhos sendo Bombeiros e Polícia acionados, mas nada puderam fazer.

Ao ser encontrado no quarto, Luiz Roberto estava morto amordaçado, com pés e mãos amarrados. O imóvel completamente revirado indicando que os assassinos procuravam ou roubaram alguma coisa, ou simplesmente simularam uma situação de roubo como forma de desviar a investigação.

Policiais souberam através de moradores que na madrugada foram ouvidos gritos, inclusive pedido de socorro no local. Foi ouvido inclusive quando a vítima questionou “somos parentes porque você faz isso”. Ainda na manhã de domingo, indivíduos teriam sido vistos no local. O caso foi registrado na Depac-Piratininga.