Homem é assassinado pela esposa em aldeia indígena de Dourados

Homem é assassinado pela esposa em aldeia indígena de Dourados

COMPARTILHAR
Mulher foi presa em flagrante.

Antônio Coca

Policiais da Delegacia de Atendimento ao Menor e ao Adolescente prenderam em flagrante na manhã desta terça-feira (10) Maristela Benites, de 43 anos, acusada de ter matado o esposo Élson Quevedo, de 38 anos. O crime aconteceu na comunidade Ñu Verá, acampamento montado às margens da Perimetral Norte, na Reserva Indígena de Dourados.

Os policiais civis faziam um trabalho de investigação na região quando foram informados do crime e prenderam a acusada totalmente bêbada. Familiares e vizinhos disseram que os dois bebiam e brigavam com frequência e nesta manhã a mulher teria golpeado o marido várias vezes no peito com uma faca.

Ainda não se sabe o motivo do crime. Maristela foi presa em flagrante e levada para a Polícia Civil onde deverá ser indiciada por homicídio.