Homem gasta dinheiro e diz ter sido assaltado na porta de banco

Homem gasta dinheiro e diz ter sido assaltado na porta de banco

COMPARTILHAR

No último dia 16 um indivíduo foi na Delegacia de Polícia de Água Clara e narrou ter sido assaltado no dia anterior, quando estava saindo do Banco Bradesco. Disse ter sacado R$ 300 e aos sair do banco, foi abordado por quatro pessoas, uma delas armada, que lhe assaltaram, agrediram e roubaram o dinheiro e celular.

Sem que ninguém perguntasse adiantou que o dinheiro lhe faria muita falta pois ajuda familiares na Bahia. Policiais desconfiaram da versão, pois o assaltado só procurou a polícia no dia seguinte ao crime e ainda relatou ter feito um trajeto que não batia com o que iria tomar. Os policiais investigaram o caso e a primeira descoberta através de câmeras de segurança foi que no horário, data e local apontado não aconteceu roubo nenhum.

Em seguida, foi descoberto que ele forneceu endereço inexistente e que na verdade estava em um bar onde bêbado, provocou confusão com pessoas e foi retirado à força. Testemunhas foram ouvidas sendo ainda apurado que o homem era contumaz em se embriagar e provocar confusão.

A polícia suspeita que ele tenha gastado o dinheiro, perdido o celular e para se justificar por não enviar o dinheiro para a família, inventado o roubo. Ao ser ouvido novamente, confessou a trama e foi indiciado em inquérito de falsa comunicação de crime.