Homem incendeia área em assentamento e é apanhado por moradores

Homem incendeia área em assentamento e é apanhado por moradores

COMPARTILHAR
Imagem ilustrativa.

Ivan Rocha Brito, de 39 anos, escapou de ser linchado e até queimado, em represália por ter incendiado pastagem e propriedades no Assentamento Conquista, em Campo Grande. Ele foi preso pela Polícia Militar que o encontrou com algumas queimaduras e escoriações e amarrado a uma árvore. No ataque incendiário, o homem acabou atingindo até uma escola na comunidade.

No final da tarde desta sexta-feira (20), policiais militares da 11ª Companhia foram chamados ao assentamento por conta de incêndio criminoso com vários focos, inclusive na escola municipal. Em contato com a vítima principal do incêndio, mulher de 59 anos, ela contou que quando seguia para sua propriedade no assentamento viu Ivan agredindo a esposa dele, quando parou e deu carona para a mulher que foi deixada na entrada de Campo Grande pois disse que iria na polícia denunciar o agressor e pedir providências.

Conforme o registro do caso, Ivan ao ver a vitima dando carona para a esposa agredida, passou a ameaça-la dizendo “Você arrumou para sua cabeça”. Cerca de uma hora depois ele foi à propriedade da vítima e começou a colocar fogo na vegetação com o fogo se espalhando rapidamente. Moradores do Assentamento detiveram e surraram o incendiário que chegou a ser jogado no fogo. A equipe da PM já o encontrou com hematomas pelo corpo além de queimadura leve, mas acabou recusando atendimento médico.

O Corpo de Bombeiros foi acionado para conter o incêndio e Ivan encaminhado preso para a Depac-Centro onde foi enquadrado em incêndio e ameaça. Autores da suposta agressão assim como a esposa de Ivan que estaria sendo agredida não foram localizados.