Hóspede brasileiro é achado morto em pensionato de Pedro Juan Caballero

Hóspede brasileiro é achado morto em pensionato de Pedro Juan Caballero

COMPARTILHAR

Um brasileiro sem documentos com 60 anos morreu subitamente há cerca de três ou quatro dias em uma pousada no bairro Maria Victoria, mas o corpo só foi encontrado na manhã deste domingo. Segundo perícia, a morte foi causada por infecção grave.

O relatório da 1ª Delegacia de Polícia Judiciária apurou que a vítima, apesar de não estar com documentos, trata-se de João Isidro da Silva, brasileiro com 60 anos. Ele estava morto em um dos quartos da pousada localizada na rua Ramón Gill Sánchez, bairro Maria Victoria onde morava.

A advogada Raquel Salinas, esteve no local, acompanhada do médico legista Marcos Prieto, que periciou o corpo e apontou como provável causa da morte, “septicemia por infecção urinária, por complicação na próstata, com morte aproximadamente há quatro dias.