Identificado homem baleado em confronto com policial civil na Avenida Mato Grosso

Identificado homem baleado em confronto com policial civil na Avenida Mato Grosso

COMPARTILHAR
Arma usada contra policial

A polícia identificou como Luiz Eduardo Souza de Faria, de 34 anos, o indivíduo baleado em confronto com investigador da Polícia Civil na tarde desta segunda-feira (28), em Campo Grande. O confronto ocorreu na Avenida Mato Grosso por onde Luiz Eduardo seguia empurrando uma motocicleta sem a chave no contato e que seria roubada.

De acordo com o apurado pela polícia, após cometer roubo em uma clínica nas proximidades, onde roubou celulares Luiz Eduardo fugiu na motocicleta que por algum motivo na avenida Mato Grosso parou de funcionar. Existe suspeita de que ele cometeria outro roubo na avenida onde havia uma movimentação estranha.

Um Investigador passava pelo local e, estranhando o movimento estacionou seu veículo e questionou as pessoas paradas ali o que estava ocorrendo, a que responderam que o homem que empurrava a moto teria terminando de praticar um roubo. O policial que em seu carro se encontrava na mão de direção oposta efetuou a conversão na Rua Rui Barbosa, alcançou tal Luiz Eduardo que empurrava a moto.

Ele bloqueou com o carro a passagem do indivíduo percebendo que a moto estava sem chave, concluindo, então que se tratava de um furto de moto. Se identificou como policial civil e ordenou que Luiz colocasse as mãos na cabeça e encostasse na parede para ser submetido a busca pessoal, tendo o policial percebido que, com sua aproximação outro homem que estava em uma moto fugiu em alta velocidade.

Luiz Eduardo por sua vez, ao invés de obedecer a ordem do policial ficou parado, e quando o investigador desceu do carro, passando atrás de seu veículo repetindo a ordem para que Luiz colocasse as mãos na cabeça. Este então tentou baixar o descanso da moto e quando não conseguiu a soltou, sacou o revólver e efetuou um disparo contra o policial, mas errou o alvo, quando o investigador se defendendo, efetuou um único disparo contra Luiz que foi atingido na cabeça.

Bala percurtida, indicando que homem atiraria mais de uma vez

O policial permaneceu no local acionou socorro e apoio, comparecendo Delegados de Polícia e Oficias da Polícia Militar, bem como Peritos. Com apreensão da arma descobriu-se um segundo disparo efetuado pelo indivíduo não percutiu, (negou) de forma que a arma foi apreendida com um projétil deflagrado, um percutido, mas não deflagrado e quatro intactos. Luiz Eduardo é oriundo do Estado de Minas Gerais, há alguns dias estava fora de casa, e seus familiares informaram que era usuário de drogas e não possuía passagens pela polícia. Luiz está internado em estado grave na Santa Casa de Campo Grande.

Luiz foi atingido na cabeça sendo socorrido pelo Corpo de Bombeiros acionado pelo policial