Identificado piloto de helicóptero que pousou na Itamarati e PF está no...

Identificado piloto de helicóptero que pousou na Itamarati e PF está no local

COMPARTILHAR
Aeronave regular perante ANAC só não pode operar como táxi aéreo.

A Polícia Federal seguiu para o Distrito Itamarati para averiguar ou assumir o caso do pouso de helicóptero R-66 matrícula PR-HMR ocorrido esta manhã. Cadastrado como propriedade da Ultra Pilots Taxi Aéreo, a aeronave estava sendo pilotada por A. C., 56 anos.

As informações ainda são mínimas sobre o episódio, mas consta que o piloto fez um pouso forçado após a aeronave supostamente ter tocado uma rede elétrica. Ao pousar, o piloto foi abordado por policiais militares lotados no distrito, os quais efetuaram sua detenção para as Polícias Civil e Federal averiguar a situação.

O comandante da aeronave é piloto comercial habilitado para helicópteros. Já a aeronave embora pertencente a empresa de táxi aéreo, não está homologada para esse tipo de operação.

Adquirida e transferida para o atual proprietário em 12 dezembro de 2017, o certificado de aeronavegabilidade do helicóptero vence no dia 24 desse mês. A situação do piloto até prova em contrário é normal perante a Agência Nacional de Aviação Civil – ANAC.