Identificado traficante que matou casal de irmãos e feriu mãe das vítimas

Identificado traficante que matou casal de irmãos e feriu mãe das vítimas

COMPARTILHAR
Irmãos mortos pelo traficante. (Fotos: Redes sociais/Jornal da Nova)

O indivíduo que na noite de ontem ao tentar proteger quase 200 quilos de maconha matou uma criança e uma jovem deixando gravemente ferida a mãe dos dois no distrito de Nova Casa Verde, está identificado como José Humberto Dantas Júnior, de 25 anos. Ele está autuado em flagrante na Polícia Civil de Nova Andradina.

Para tentar escapar da Polícia Rodoviária Federal durante perseguição, ele atropelou e matou os irmãos Igor Silva, de 10 e Helloá Glésia, de 20 anos, estudante do segundo ano de medicina no Paraguai. A mãe deles, Simone Silva ficou ferida gravemente sendo socorrida pelo Corpo de Bombeiros e internada em hospital de Nova Andradina. Após os levantamentos no local do crime, os corpos foram encaminhados ao IML de Nova Andradina.

O crime

No começo da noite policiais rodoviários federais (PRF) em serviço na BR-267 deram ordem de parada ao condutor de um veículo KIA com placas de Vitória da Conquista (BA). O indivíduo não obedeceu e fugiu em alta velocidade com os policiais em seu encalço. Ao entrar na rotatória de acesso à rodovia MS-134, José Humberto atingiu as vítimas que estavam no canteiro da via.

Após o atropelamento ele ainda tentou fugir, mas foi alcançado, contido e preso pelos policiais rodoviários. No carro que ele dirigia, os policiais constataram a razão do segundo crime, uma carga de maconha com pouco menos de 200 quilos da droga. Após atingir as vítimas, José Humberto ainda atingiu uma carreta.

Revoltados com o traficante, populares queriam linchá-lo no local, chegando a “balançar” a viatura da PRF onde ele estava preso. Com ajuda de policiais militares de Nova Casa Verde, foi possível evitar o linchamento do sujeito, em seguida levado para autuação em Nova Andradina. O destino final do traficante e droga ainda são desconhecidos assim como detalhes do flagrante, mas ele poderá ser enquadrado em duplo homicídio doloso (assumiu o risco de matar) e uma tentativa, além do tráfico e se confirmado ser o veículo objeto de furto/roubo, por receptação.

Revoltados,populares tentaram linchar autor da tragédia. (Foto: Jornal da Nova)