Identificados ocupantes de helicóptero que caiu em Ponta Porã com cocaína

Identificados ocupantes de helicóptero que caiu em Ponta Porã com cocaína

COMPARTILHAR
Matheus e João, o piloto da aeronave.

Antônio Coca

Matheus Henrique dos Santos Venâncio de 20 anos e Pedro Augusto Boim de 24 anos, morador em Rancharia no interior paulista, piloto da aeronave, foram identificados como as duas vítimas fatais do acidente com helicóptero Robinson R 66 Turbine prefixo PR ITT que caiu na manhã de ontem (20), em uma fazenda entre Ponta Porã e Dourados.

Os corpos foram identificados nesta manhã pelas mães deles no Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Porã. As mulheres vieram do interior paulista e muito abaladas reconheceram os filhos e estão sendo ouvidas na Polícia Civil. O caso está sendo investigado pelo DRACCO (Departamento de Repressão a Corrupção e ao Crime Organizado da Polícia Civil do Mato Grosso do Sul) e todas as informações colhidas serão repassadas para Campo Grande.

O helicóptero consta no Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB) em nome de uma empresa imobiliária sediada em Taubaté no interior paulista. E estava em plenas condições de voo no que diz respeito a registros e licenças.