Idoso que morreu no Inferninho, pela manhã havia atirado na ex-esposa

Idoso que morreu no Inferninho, pela manhã havia atirado na ex-esposa

COMPARTILHAR
Bombeiros fazem resgate de corpo do idoso

Ao identificar Wilson de Arruda, 60 anos, morto no começo da tarde dessa sexta-feira (18) ao cair ou se jogar na Cachoeira do Inferninho, na saída para Rochedo, em Campo Grande, a polícia apurou que pela manhã ele havia atirado contra a ex-mulher com quem discutira no Bairro Santa Luzia. Tanto o feminicídio tentado como a morte na cachoeira, são tratados na Delegacia da Mulher.

Consta que casado por cerca de 15 anos, há dois meses o casal estava separado, mas Wilson não aceitava a situação sendo constantes as investidas na tentativa de reatar com a ex. Na manhã de hoje Wilson foi até a casa da mulher, quando atirou contra ela que foi ferida de raspão na face e ele em seguida fugiu em um veículo Celta.

Bombeiros e policiais apuraram com as pessoas que estavam na cachoeira, que o homem estacionou o carro na lateral da estrada de terra, desceu como se cambaleasse e em seguida caiu ou se atirou na cachoeira. Bombeiros foram acionados, mas ao chegarem já encontraram o idoso morto. Ele foi reconhecido por familiares, inclusive o filho com quem estava morando atualmente.