Incêndio avança no Paraguai e bombeiros do MS estão prontos para ajudar

Incêndio avança no Paraguai e bombeiros do MS estão prontos para ajudar

COMPARTILHAR
Fogo é ameaçador.

Antônio Coca

O sábado foi de muito trabalho para bombeiros, brigadistas e voluntários que trabalham no combate das chamas que a mais de 24 horas consomem o Parque Nacional do Cerro Corá em Pedro Juan Caballero. Com o vento as chamas ficaram fora de controle e em alguns momentos chegaram a ameaçar a segurança de homens e mulheres que tentam apagar o fogo.

As imagens que circulam pelas redes sociais são impressionantes e mostram cortinas de fumaça e fogo e animais silvestres e bovinos mortos. Um veículo usado na extinção das chamas foi consumido pelo fogo. Equipes de Urgência e Emergência da Universidade Central do Paraguai (UCP) que foram disponibilizadas para atender os feridos, fizeram vários atendimentos e os maiores problemas são de queimaduras, inalação de fumaça, desidratação, dores de cabeça e ferimentos causados pelo longo tempo manuseando instrumentos como abafadores que acaba causando bolhas nas mãos.

Na tarde deste sábado o secretário de Segurança Pública de Mato Grosso do Sul, Antonio Carlos Videira, disse que homens do Corpo de Bombeiros e brigadistas, viaturas, equipamentos e até aviões estão de prontidão para atender o Governo Paraguaio, mas que as tratativas estão feitas pelo Itamarati. “Estamos aguardando os trâmites diplomáticos e assim que tudo for acertado a tropa será deslocada para ajudar o povo paraguaio que sofre com incêndios florestais como acontece também no nosso Estado, mas não podemos enviar soldados para outro pais sem autorização do Governo Federal, mesmo sendo em missão humanitária”, disse Videira.

O comandante Geral do Corpo Bombeiros, Coronel Hugo Djan Leite também confirmou as tratativas e mesmo com vários focos de incêndio na região pantaneira, seria possível socorrer a situação que se agravou neste final de semana. De acordo com informações de meteorologistas não há expectativa de chuva de chuva para a região nos próximos dias e a fumaça causada pelos incêndios no norte do Paraguai já chegou até o Rio Grande do Sul e ao Paraná.

O fogo que avança para a fronteira com o Mato Grosso do Sul chegou na noite deste sábado na região de Itapopo se aproximando de Pedro Juan Caballero e Ponta Porã. O trabalho de combate ás chamas continua e o Corpo de Bombeiros Voluntário do Departamento de Amambay montou postos de coleta de donativos que vão desde balas e goma de marcar até combustível para as viaturas. Um produtor rural da região colocou a piscina da sede da fazenda a disposição para reabastecer as viaturas dos bombeiros e carros pipas usados na operação.

Bombeiros recebem apoio de equipe médica da UCP.