Incêndio em edícula na área central deixa uma pessoa carbonizada

Incêndio em edícula na área central deixa uma pessoa carbonizada

COMPARTILHAR
Imagem ilustrativa.

Incêndio em edícula de residência na Travessa Pepe Simioli, região central de Campo Grande, deixou saldo de uma pessoa carbonizada, possivelmente um homem de identificação ainda não confirmada, mas que pode ser morador no imóvel. O incêndio ocorreu por volta de 22h30 na edícula nos fundos da residência principal.

Durante o combate ao incêndio Bombeiros comandados pela tenente Sabrine constataram a existência do corpo de um homem em meio aos escombros. O local foi isolado e preservado para trabalho de Perícia e Polícia Civil.

No local, bombeiros e policiais ouviram informalmente o proprietário do imóvel, de prenome Feliciano, relatando que seu filho Ewerton Simioli de Brito, de 44 anos residia na edícula. O pai relatou ainda, que o filho tentou suicídio por diversas vezes, inclusive há três dias familiares tiraram do local três litros de gasolina, pois Ewerton disse que iria se matar, colocando fogo no local. A identificação da vítima será definida em exames por legistas no Instituto de Medicina e Odontologia Legal – IMOL

Outro corpo

Por volta de 23h50 policiais militares do Pelotão Moreninhas foram alertados sobre a existência do corpo de um homem pendurado em árvore na Rua Piracanjuba, Bairro Lagoa Dourada. A situação foi conformada sendo acionadas Polícia Civil e Perícia.

Através de cartão do SUS encontrado em um dos bolsos da bermuda da vítima juntamente com a cópia do RG, uma folha de caderno com alguns dizeres, podendo ser uma carta de despedida, foi possível identificar o corpo como sendo de Olecir Tartari, de 68 anos. Policiais tentaram sem sucesso contatar com familiares.