Integrante de facção foge de presídio vestido de mulher

Integrante de facção foge de presídio vestido de mulher

COMPARTILHAR
"Gordinho" não foi longe.

Antônio Coca

Autoridades paraguaias estão investigando se houve facilitação na fuga de César Ramón Ortiz Sosa de 36 anos, da Penitenciária Nacional de Tacumbú na tarde deste domingo (29). Vestido com roupas femininas e uma peruca, César conhecido como “Gordinho” deixou o principal presidio do Paraguai pela porta da frente, mas foi capturado logo depois.

Considerado de alta periculosidade ele é integrante do Clã Rutela, uma organização criminosa paraguaia e cumpre pena por roubo e assalto. Os agentes penitenciários que serviam na entrada principal da prisão no momento da fuga foram afastados de suas funções.

O Departamento de Investigações Criminais da Polícia Nacional do Paraguai informou que quatro pessoas foram presas suspeitas de envolvimento na fuga entre elas um policial. Dois carros e quatros celulares foram apreendidos.