Integrante do PCC, Matrix é preso no Paraguai

Integrante do PCC, Matrix é preso no Paraguai

COMPARTILHAR
"Matrix" volta para prisão e será devolvido ao Brasil

Depois de alguns dias de fuga o brasileiro Thiago Gimenez, o Matrix foi capturado pela Polícia Nacional do Paraguai. Armado com uma pistola 9 milímetros ele foi preso na Colônia Ko’e na em Villa Ygatimi a cerca de 50 quilômetros com a fronteira com o Mato Grosso do Sul. No dia 5 de março ele tinha conseguido fugir do cerco policial e o companheiro dele Reinaldo Araújo acabou morto. Matrix tinha fugido recentemente de um presídio de Assunção e um policial e uma advogada foram acusados de facilitar a fuga dele.

Acusado de ser integrante do PCC e com uma extensa ficha criminal, Matrix é condenado no Brasil e deverá ser expulso ainda esta semana do Paraguai. O presidente do Paraguai, Mario Abdo Benitez comentou em sua conta no Twitter o sucesso na captura do brasileiro e parabenizou as forças policiais pelo feito.