Intriga entre vizinhos por causa de crianças acaba em assassinato na Capital

Intriga entre vizinhos por causa de crianças acaba em assassinato na Capital

COMPARTILHAR

Bate-boca entre vizinhas por causa de filhos menores e que se arrastava por algum tempo com discussões, ameaças e até tiros, se agravou no começo da noite desse domingo (25) depois que após nova discussão, uma das mulheres acordou o marido que estava embriagado e mandou que ele resolvesse o problema com a vizinha. A investida acabou em assassinato do vizinho no Loteamento Cristo Redentor em Campo Grande.

O crime aconteceu pouco antes de 19h deste domingo (25) na propriedade da vítima, Atíilio Luís Colman de 33 anos, a antiga chácara Vobeto na Rua Tereza Garcez Pain. Antecedendo a execução ocorreram vários bates bocas entre as esposas da vítima e do autor, conhecido como “Ditão” por causa de filhos menores, já tendo “Ditão” intimidado o vizinho com tiros diante de sua propriedade.

De acordo com o registro policial do caso, nesse domingo, as esposas de “Ditão” e da vítima, que são vizinhas, se desentenderam novamente por conta de briga entre seus filhos menores.

Após o desentendimento a companheira de “Ditão” foi para sua casa onde acordou o marido, que dormia alcoolizado, e o teria instigado para que atentasse contra a vida da vizinha. O casal então seguiu para a chácara onde a vítima residia com a família, entrando no local já de arma em punho disposto a matar a mulher do vizinho e sedo acompanhado da esposa que lhe teria exigido providência.

A vítima foi para o quintal ao encontro de “Ditão” como forma de defender a esposa, mas este passou a atirar atingindo Atílio na cabeça e outras parte do corpo. O homem chegou a ser socorrido, mas morreu no Centro de Saúde Tiradentes. “Ditão”, autor do crime e a esposa que o instigara, fugiram em seguida e estão foragidos.