Irmão da autora de morte no Aero Rancho atuava no tráfico e...

Irmão da autora de morte no Aero Rancho atuava no tráfico e está foragido com ela

COMPARTILHAR
Registrado na Cepol, caso é investigado pelo GOI e 5ª Delegacia.

Durante ação em atendimento ao local de crime onde Carolina Leandro Solto, foi morta a tiros por uma mulher, Nayara Francine Nóbrega dos Santos, policiais civis do Grupo de Operações e Investigações, acabaram localizando e desativando um ponto de venda de drogas, tocado pelo irmão de Nayara, João Davyd Nóbrega dos Santos. Na casa, os policiais apreenderam na edícula ocupada por João, materiais para preparo de drogas como faca com resíduo de cocaína plástico para embalagens e balança de precisão, sendo que a droga pesou 165 gramas de cocaína, que foram entregues na Denar.

Deu fuga

Após Nayara executar Carolina, Davyd se encarregou de retirar a irmã da cena do crime, a levando em fuga em um veículo Gol preto. Ao irem na casa da mãe de Nayara, na rua Independente, a equipe do GOI levantou algumas informações, tendo a mãe dito não ter visto a filha a tarde.

Criança não mente

Perguntada sobre o filho, a senhora prontamente disse que ele não morava na casa, entretanto, uma criança que estava no local desmentiu a senhora dizendo o “Tio David mora sim”.

Foi quando a equipe do GOI apurou que o procurado morava na casa dos fundos e durante busca com acompanhamento do dono da casa e avô do morador, foi descoberto o esquema de tráfico tocado por Davyd. Tanto Nayara como o irmão seguem foragidos.