João de Deus recebe autorização para continuar tratamento em hospital

João de Deus recebe autorização para continuar tratamento em hospital

COMPARTILHAR

O médium João Teixeira de Faria, o João de Deus, foi autorizado a ficar mais 30 dias no Instituto de Neurologia de Goiânia. A decisão é do ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ) Nefi Cordeiro.

A partir de laudos médicos, o ministro concluiu que o médium não tem condições de receber alta hospitalar.

João de Deus foi preso em dezembro do ano passado, acusado de abuso sexual. Em março, o ministro Nefi Cordeiro já havia autorizado o médium a deixar o Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia (GO) para fazer tratamento médico.