Juíza que prendeu ex-governador, se aposenta e entra na política em MT

A juíza Selma Rosane de Freitas, da 7ª Vara Criminal de Cuiabá, Mato Grosso, deixa a magistratura nesta terça-feira (27), após o desembargador Rui Ramos, presidente do TJMT, assinar o processo de aposentadoria da magistrada. Já a partir de quarta-feira, Selma Rosane começa a estudar propostas que recebeu de várias siglas partidárias para entrar na política.

A juíza pensa em uma vaga no Legislativo Mato-grossense, ou na Câmara Federal, após parecer da presidência assinado no dia 23 de março autorizando a concessão da aposentadoria. A magistrada conseguirá atender aos prazos, se desvinculando do Poder Judiciário para concorrer no pleito eleitoral de 2018.

Selma Rosane de Freitas é juíza conhecida nacionalmente por suas decisões contra importantes membros da política mato-grossense. Foi ela, por exemplo, que determinou a prisão do ex-governador, Silval Barbosa, no dia 15 de setembro de 2015.

Segundo informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), quem pretende concorrer aos cargos eletivos no pleito de 2018 deve se filiar a um partido político até o dia 7 de abril, seis meses antes da data das eleições. O último dia para os partidos políticos e coligações apresentarem junto à Justiça Eleitoral o requerimento de registro de candidatos é 15 de agosto.

Compartilhe
Institucional

O Tempo MS News é um portal de notícias online que traz informações relevantes e atualizadas sobre o dia a dia do Mato Grosso do Sul. Com uma equipe de jornalistas experientes e comprometidos em levar ao público as notícias mais importantes do estado, o portal se destaca por oferecer conteúdo de qualidade em tempo real.

Entre em contato

(67) 99135-7483

[email protected]

© Tempo MS News - Todos os direitos reservados, design por Argo Soluções