Justiceiros fazem mais uma vítima na fronteira

Justiceiros fazem mais uma vítima na fronteira

COMPARTILHAR
Morto seria presidiário.

Antônio Coca

Um homem ainda não identificado foi morto no final da tarde desta quinta-feira (14) em uma das ruas do Residencial Ponta Porã I em Ponta Porã. De acordo com as primeiras informações o desconhecido seria preso do sistema semiaberto.

Ao lado do corpo dele foi encontrado um cartaz onde estava escrito “Venho comunicar a todos os assaltantes de moto e comércios e a todos os ladrões de caminhões, esse é o resultado”.

Crimes como estes na fronteira entre Ponta Porã e Pedro Juan Caballero quase sempre são assumidos ou atribuídos a um grupo auto denominado Justiceiros da Fronteira, só que desta vez ninguém assumiu a autoria do homicídio.

Peritos da Polícia Civil estão no local e depois dos levantamentos o corpo deve ser encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Porã.

Ao lado do corpo, bilhete com alerta de justiceiros.