Ladrões que mataram taxista para roubar carro, são presos no Paraguai

Ladrões que mataram taxista para roubar carro, são presos no Paraguai

COMPARTILHAR

Antônio Coca

Em uma ação conjunta de policiais civis e da Polícia Nacional do Paraguai, foram presos na manhã desta quarta-feira (27), em Capitan Bado, cidade paraguaia vizinha de Coronel Sapucaia, os dois outros latrocidas (matam para roubar) que executaram o taxista Ademar Beraldo Pereira, de 60 anos, crime ocorrido no último sábado (23) na cidade de Caarapó. Foram capturados Claudinei Santos da Silva (20), e o comparsa W.T.S, de 16 anos. O maior teve prisão e o adolescente internação decretadas pela Justiça.

Os dois latrocidas foram identificados e capturados depois da prisão de outro envolvido, Paulo Ricardo Cáceres de Lima, de 20 anos. Preso domingo na casa dele em Caarapó, confessou a participação no roubo e morte do taxista e apontou os comparsas, relatando ainda que eles levaram o carro da vítima, um Fiat Grand Siena que venderam no Paraguai.

Extremamente frios, os criminosos renderam e levaram Ademar para a região da Lagoa da Pedreira onde o executaram com quase dez facadas. Não satisfeitos, ainda tentaram queimar o corpo da vítima.

Arma usada pelos assassinos