Langão é assassinado com tiros de pistola em Dourados

Langão é assassinado com tiros de pistola em Dourados

COMPARTILHAR
morte na hora.

Antônio Coca

O ex-integrante do grupo de rap Fase Terminal, Moacir Quevedo dos Santos de 43 anos, o “Langão”, foi assassinado na noite deste sábado (22) quando estava sentado em frente a uma residência na rua Independência esquina com a rua Belo Horizonte na Vila Erundina em Dourados. “Langão” fez parte da primeira formação do grupo que fez grande sucesso no começo dos anos 2000 e era uma referência do gênero musical em toda a região.

Informações de testemunhas são de que a vítima estava no local quando uma pessoa chegou em uma bicicleta se aproximou dela e disparou várias vezes. “Langão” morreu antes da chegada do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU). Quando os socorristas chegaram apenas constataram a morte.

Depois do crime o atirador deixou o local correndo e a bicicleta dele foi apreendida pela polícia. Peritos da Polícia Civil estivem no local e o crime já está sendo investigado.

Em 2009 o ex rapper chegou a ser preso por extorsão depois que um jovem tentou se matar porque vinha sendo extorquido pelo músico havia algum tempo. Na época a vítima chegou a entregar cerca de R$ 30 mil para “Langão” que quando foi preso estava foragido do Presídio do Sistema Semiaberto de Dourados.

“Langão” já havia enfrentado problemas na Polícia.