Mais supermercado flagrado pelo Procon/MS vendendo alimento sem origem e estragado

Mais supermercado flagrado pelo Procon/MS vendendo alimento sem origem e estragado

COMPARTILHAR
Supermercados grandes ou pequenos, o que não falta é coisa podre.

Após receber denúncias, equipe de fiscalização da Superintendência para Orientação e Defesa do Consumidor – Procon/MS realizou vistoria no Supermercado Goianos localizado no Bairro Santa Emília, onde foram confirmadas as denúncias e constatadas inúmeras irregularidades em prejuízo dos consumidores e, em razão disso, expedido auto de infração que posteriormente poderá se transformado em multa.

Em meio aos problemas flagrados pela fiscalização, destaque para a presença de produtos de origem animal sem informações necessárias ao consumidor. Os fiscais encontraram 59 quilos e 390 gramas de carne bovina, aproximadamente 13 quilos de bucho e 1,850 quilos de mocotó e 25 peças de queijo caipira nos quais não constavam, por exemplo, procedência, data de processamento e validade.

Com prazo de validade expirado estavam expostos à venda 33 unidades de biscoitos diversos, 16 pacotes de temperos, mistura para bolo, creme de leite, farináceos, geleia de mocotó e shampoo. No local foram encontrados, também, produtos impróprios para o consumo por aparentarem deterioração e presença de parasitas como é o caso de três vidros de palmito em conserva e farinha de rosca.