Mais um interno do Segurança Máxima é achado morto enforcado em cela

Mais um interno do Segurança Máxima é achado morto enforcado em cela

COMPARTILHAR
Bombeiros chegaram rapidamente, mas homem já estava morto e em rigidez cadavérica. (Foto: Whatsapp)

A polícia registrou na manhã dessa terça-feira (9), mais um caso de morte em uma das celas do Presídio de Segurança Máxima de Campo Grande. A cena da morte indicava suicídio, mas a polícia definiu o caso como morte a esclarecer.

A morte foi constatada por volta de 7h durante a distribuição do café da manhã aos internos, quando os agentes penitenciários encontraram César Paes dos Santos, de 30 anos, pendurado pelo pescoço na grade da cela 102, do Pavilhão III.

Socorristas do Corpo de Bombeiros foram acionados, mas ao chegarem constataram que o interno já estava morto inclusive com rigidez cadavérica. O caso foi repassado para a Polícia Civil e perícia para levantamentos.

César possuía prontuário com registro de muitas passagens pela polícia, inúmeras por furtos, tráfico de entorpecentes, desacato, lesão corporal, fugas e recapturas, a última delas esse ano. Após os levantamentos de praxe o corpo foi encaminhado ao Instituto de Medicina e Odontologia Legal – IMOL.