Mais um tiroteio acaba em morte no Atacadão Cuiabá

Mais um tiroteio acaba em morte no Atacadão Cuiabá

COMPARTILHAR
Veículo abandonado por bando no mercado. (Foto: Reprodução/Gazeta Digital)

Thiago Henrique da Silva Lopes, 24, morreu após ser baleado em troca de tiros com a Polícia Militar e integrantes de grupo suspeito de roubar veículos em Cuiabá, Mato Grosso. O confronto aconteceu na noite de segunda-feira (30), no estacionamento do supermercado Atacadão, da saída de Cuiabá para Chapada dos Guimarães. Os comparsas de Thiago acabaram presos.

Consta que a PM fazia diligências e monitoramento de um veículo Ford Ka branco, roubado no bairro Duque de Caxias. Policiais receberam a informação de que o carro estava no estacionamento do mercado e foram até lá.

No local, ficaram em observação até que um veículo Gol prata com três homens se aproximou, sendo que um deles desceu, abriu e entrou no Ford Ka. Nisso, os policiais se aproximaram para fazer a abordagem, mas foram ameaçados pelo suspeito, que sacou uma arma apontando para a equipe. Os policiais revidaram e atiraram no indivíduo, que ficou ferido dentro do carro.

Os comparsas do Gol arrancaram partindo na direção dos policiais e quando sacaram arma foram surpreendidos pela reação dos policiais. Em seguida fugiram tomando rumo desconhecido.

Já no Atacadão, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e encaminhou o assaltante ferido para o Pronto-Socorro de Cuiabá, onde recebeu atendimento, foi liberado pelos médicos e preso pela polícia. Com a ocorrência ainda em andamento, a PM foi informada que havia um Gol abandonado próximo ao Pronto-Socorro e que no banco traseiro tinha um homem morto. O corpo era de Thiago Henrique, que participou da ação no mercado. A morte foi confirmada no local.

Em checagens no sistema de monitoramento eletrônico, PM identificou que um jovem que faz uso de tornozeleira esteve na mesma hora do crime no Atacadão, no local onde o Gol foi abandonado e em seguida, foi para o bairro Pedregal. Diligências da PM conseguiram encontrar o suspeito, que confirmou a participação no crime. Ele foi preso e encaminhado junto com o comparsa para a Central de Flagrantes, onde foram autuados.

Com informações da Gazeta Digital