Morenão leva “cartão vermelho” já na primeira vistoria

Morenão leva “cartão vermelho” já na primeira vistoria

COMPARTILHAR
Morenão pode seguir vazio.

Conforme reportagem de hoje no site Esporte MS, a rodada inicial do Campeonato Estadual em Campo Grande corre o risco de não acontecer no próximo dia 1º entre Comercial e Águia Negra e no domingo entre Operário e Pontaporanense. O promotor Eduardo de Almeida, do MPE, deu prazo até esta quarta-feira (15) para que os laudos estivessem em mãos para liberação do Campeonato Estadual da Série A. Pelo menos foi o que afirmou em entrevista coletiva realizada no último mês. Não ficaram prontas as exigências e a primeira vistoria já foi desaprovada. Ainda faltam as vistorias da Vigilância Sanitária, Corpo de Bombeiros, Engenharia e evidentemente, do próprio Ministério Público Estadual-MPE.

Quem entrou em campo hoje no Morenão, foi a equipe da Polícia Militar comandado pelo Tenente Coronel Souza Lima, que realizou as vistorias e constatou que boa parte daquilo que havia sido estabelecido na petição inicial não foi atendido. Por isso, segundo o oficial da PM, “gostaria de sair daqui pronto para fazer o laudo final para ser entregue as autoridades e Ministério Público, mas infelizmente grande parte daquilo que foi elencado não se encontra feito. São itens necessários e obrigatórios que não dá condições de entregar o laudo”, comentou.

Por outro lado, conforme o EsporteMS o vice-presidente da FFMS, Jamiro Rodrigues, relatou que parte da obra não está pronta por conta das fortes chuvas que ocorreram em Campo Grande. E que alguns itens de limpeza no Morenão não teriam sido feitos pelos servidores da UFMS. Diante disso, a incerteza novamente ronda o futebol sul-mato-grossense onde os clubes da Capital nada fizeram após o encerramento da temporada de 2019.

A mudança na tabela tem que acontecer até a próxima sexta-feira, pois conforme o Estatuto do Torcedor, o prazo de 10 dias antes da data do jogo ainda pode ser alterado.

Ao menos por enquanto, “acessibilidade” é por buracos.