Morre em SP Otavio Frias Filho, diretor de redação da Folha de...

Morre em SP Otavio Frias Filho, diretor de redação da Folha de S.Paulo

COMPARTILHAR
Otávio Frias Filho (Foto: Reprodução/Lucas Lacaz Ruiz/FuturaPress)

Otavio Frias Filho, 61 anos, diretor de redação da “Folha de S.Paulo”, morreu nesta terça-feira (21), em São Paulo, informou o jornal. Otavio estava internado no Hospital Sírio Libanês, no Centro da capital, e lutava contra um tumor no pâncreas desde 2017. Filho de Dagmar Frias de Oliveira e de Octavio Frias de Oliveira, empresário que comprou em 1962 a “Folha de S.Paulo”, Frias Filho nasceu em São Paulo no dia 7 de junho de 1957.

Entre 1975 e 1983, estudou Direito e Ciências Sociais na Universidade de São Paulo (USP). Enquanto isso, na “Folha”, assessorava o então diretor de redação, Cláudio Abramo, e seu pai, publisher do jornal. “A memória do meu pai é um emblema muito importante na minha vida, na minha formação”, disse.

Em 1984, assumiu, aos 26 anos, a função de diretor de redação. Ele conduziu várias reformas no jornal, se tornando uma das figuras mais importantes do mercado jornalístico brasileiro. Já no primeiro ano sob sua direção, o jornal encampou o movimento das “Diretas Já”, que pedia eleições diretas para presidente após o mandato de João Figueiredo.

Também implantou a função de Ombudsman, profissional responsável por opinar sobre o trabalho interno da publicação com total liberdade. Foi um dos responsáveis pela consolidação do processo de modernização do jornal, tornando a “Folha” uma publicação radical na busca por independência e isenção.

Quando assumiu o controle da redação, lançou o Projeto Folha, que transformou o jornal. Criou o “Manual de Redação”, que prega um texto mais descritivo, rigoroso e impessoal. Além do jornal, sua família é proprietária do Grupo Folha, um dos principais conglomerados de mídia do país e reúne hoje cinco empresas.

Fazem parte do grupo a “Folha”, a empresa de conteúdo, produtos e serviços de internet UOL, a gráfica Plural, a editora Publifolha, o instituto de pesquisa Datafolha e empresa de meios eletrônicos de pagamentos Pag Seguro.

A história do Grupo Folha começou em 1921, com o lançamento do jornal “Folha da Noite”, em São Paulo. Depois vieram os títulos “Folha da Manhã” (1925) e “Folha da Tarde” (1949). Os três jornais foram fundidos em 1960 para dar origem à “Folha de S.Paulo”, jornal de maior circulação no país.