Morte causada por motoqueiro bêbado gera comoção em Nova Alvorada do Sul

Morte causada por motoqueiro bêbado gera comoção em Nova Alvorada do Sul

COMPARTILHAR
Por conta da violência da pancada, moto da morte sofreu danos de monta.

Atropelamento e morte de uma mãe de família ocorrido na noite deste domingo (25) provocado por motoqueiro bêbado, provoca comoção na cidade de Nova Alvorada do Sul. A “colisão” ocorreu na Avenida Irineu de Souza Araújo matando Palmerita de Paula Galdino, de 42 anos. O autor do acidente, Carlos Eduardo Santos Ferreira, de 24 anos, morador na cidade, foi preso e autuado em flagrante após a constatação que estava com teor alcoólico de 0.58 mg/l, quando o índice permitido é zero para envolvidos em acidentes.

O caso é apurado pela Polícia Civil que além de testemunhas busca mais imagens de câmeras de segurança da região do acidente. Consta que em algumas imagens é possível ver o motociclista em alta velocidade atingindo por trás a moto conduzida pela vítima que foi arremessada e bateu com a cabeça no meio fio morrendo no local.

A polícia recebeu informe apontando que a moto pilotada por Carlos seria de outra pessoa que em depoimento alegou ter deixado a moto guardada na casa do amigo, que mesmo sem autorização teria pego escondido a chave e saído com o veículo. Contrastando com a alegação, pessoas teriam visto Carlos e o proprietário da moto em uma conveniência da cidade, versão que os dois confirmam em depoimento.

Outra situação bastante grave é investigada pela polícia, pois indica que Carlos teria lançado a moto na traseira da motocicleta conduzida pela vítima. Outro agravante contra ele é que estaria em alta velocidade, populares falam em mais de 120 por hora.