Morto em confronto com a PM em Itaporã usava nome falso

Morto em confronto com a PM em Itaporã usava nome falso

COMPARTILHAR

O foragido da Justiça que morreu no hospital em Dourados, após ser baleado em confronto com a polícia em Itaporã, e era inicialmente identificado como Caio, usava nome falso. Conforme o apurado pelo portal Ligado na Noticia, a identidade real dele era Osmar Roque, o Ghost (fantasma).

Na manhã desta quinta-feira (20), os policiais foram até a casa onde ele estava, na Vila União, para cumprir mandado de prisão, mas ele reagiu. Osmar chegou a ser socorrido e levado ao hospital de Itaporã, no entanto, devido à gravidade, precisou ser transferido para a UTI (Unidade de Terapia Intensiva) do Hospital da Vida, mas morreu em seguida.