Motociclista é atingido na traseira, arrastado por 120 metros e autor foge

Motociclista é atingido na traseira, arrastado por 120 metros e autor foge

COMPARTILHAR
Crime inicialmente registrado na Depac-Centro.

A Polícia de Campo Grande caça o indivíduo que no final da madrugada de hoje, (6) por volta de 5h, tentou matar o condutor de uma motocicleta mediante atropelamento. A motocicleta foi arrastada por cerca de 120 metros, tendo o condutor ainda batido na grade de um posto de combustíveis, no box de lavagem do estabelecimento e em seguida fugiu abandonando a vítima, a moto parcialmente destruída, danos no posto e pedaços do veículo, inclusive para-choque e placa.

A tentativa de homicídio simples, (com intenção de matar) conforme define a polícia, aconteceu quando o veículo utilizado no crime, Santana 2000 bege, placas JYS-9741/MS de Campo Grande, trafegando pela contramão da Rua Onelia Zaparoli, mesmo sentido (bairro/Centro) que trafegava a motocicleta Honda CG azul placa HSB-1699/MS de Campo Grande, também na contramão, não se sabendo ainda se fugia do condutor do outro veículo.

A polícia e perícia apuraram que pouco antes da Avenida Tamandaré o veículo atingiu com violência a traseira da moto que foi lançada ao chão juntamente com o condutor. O condutor do Santana seguiu em frente arrastando a moto presa ao para choque dianteiro, em seguida atingindo um gradil do Posto Antares e sempre arrastando a moto chegou a atravessar a avenida e só então fugiu em alta velocidade.

O motociclista foi socorrido por uma equipe do SAMU e levado em estado grave para o Pronto Socorro da Santa Casa, não tendo sido identificado. Ainda não há informação sobre a identificação do proprietário e condutor do Santana ano 1990. Até a manhã de hoje não havia registro de furto/roubo do veículo, indicando que está em situação normal com o proprietário.