Motorista de aplicativo é dado como desaparecido em Campo Grande

Motorista de aplicativo é dado como desaparecido em Campo Grande

COMPARTILHAR

A família comunicou neste domingo o desaparecimento do motorista de aplicativo Rony Carlos Matheus Batista, de 37 anos. Conforme relato da esposa na polícia, Rony trabalha com o aplicativo Uber, e saiu para fazer corridas com seu veículo Voyage 1.0 prata, placas Mercosul na manhã de domingo (6) e não deu mais notícias.

Por volta de 9h50 foi enviada mensagem a ele, mensagem que chegou, mas não foi respondida, às 11h em nova tentativa de contato o celular estava desligado. Segundo a esposa, Rony não tem histórico de uso de drogas e nunca desapareceu desta forma. Ao sair de casa o motorista trajava calça jeans, camiseta, sapatênis marrom. Ele é de estatura média, olhos castanhos e sem tatuagem.