Mulher é presa acusada de matar ex-marido em aldeia de Dourados

Mulher é presa acusada de matar ex-marido em aldeia de Dourados

COMPARTILHAR
Brígida foi presa em flagrante. (Fotos: Oswaldo Duarte)

Antônio Coca

Lideranças indígenas detiveram na tarde deste domingo (3) a dona de casa Brígida Vasque de 38 anos. Ele é acusada de matar o ex-marido Roberlei Silva Fernandes de 42 anos com uma facada no peito. Uma agente de saúde da SESAI que foi chamada ao local também foi atacada por Brígida, mas populares conseguiram conter a agressora que ainda estava com a faca usada para matar o ex-companheiro.

O crime teria acontecido por volta do meio dia na casa da vítima na Aldeia Bororó e logo depois lideranças indígenas entregaram a mulher que estava completamente embriagada para a Polícia Militar.

Testemunhas disseram que os dois estavam bebendo quando começaram brigar e a mulher pegou uma faca no interior da residência e golpeou Roberlei que morreu a poucos metros de onde foi atingido. Depois da perícia feita pela Polícia Civil, o corpo foi encaminhado para o Instituto Médico e Odontológico (IMOL) e Brígida foi presa em flagrante no 1º Distrito Policial de Dourados.

Homem morreu antes do socorro chegar.