Mulher é presa pela GCM da fronteira com mala cheia de maconha

Mulher é presa pela GCM da fronteira com mala cheia de maconha

COMPARTILHAR
Maconha com "meleca" anti cão farejador.

Antônio Coca

No final da manhã desta quarta-feira (4), agentes da GCMFron em serviço no Terminal Rodoviário de Ponta Porã realizavam rondas preventivas pelas imediações, quando avistaram uma mulher jovem em atitude suspeita. Abordada, foi identificada como Thairis de Carvalho Rantiqueri (24), moradora na cidade de Iporá, Goiás.

Durante checagem na mala da mulher, foi constatado 25 tabletes de maconha, que estavam “protegidos” com uma espuma expansiva vedante, evitando a exalação do odor, com o objetivo de impossibilitar a localização do entorpecente principalmente por cães farejadores.

A pesagem totalizou 22,750 quilos de droga. Ao ser indagada sobre a origem e destino do entorpecente, Thairis disse que recebeu a droga no Brasil e a levaria para Campo Grande não sabendo dizer quem seria o destinatário. Diante do flagrante, a mulher recebeu voz de prisão e foi encaminhada ao 2º DP da Polícia Civil, onde foi autuada por tráfico de entorpecente.