Mulheres não se entendem e uma acaba morta a facadas

Mulheres não se entendem e uma acaba morta a facadas

COMPARTILHAR

Cristina Sória (27), moradora em Aral Moreira, foi morta com golpes de faca, crime ocorrido na noite deste domingo. A autora do homicídio, Roselina Gonçalves, foi presa pela Polícia Militar com a arma do crime ainda suja de sangue nas mãos.

A mulher foi localizada distante 500 metros do local do crime ocorrido depois de algum tempo em que as duas vinham se desentendendo. No reencontro ocorrido na noite passada nas imediações da linha divisória entre o Brasil e Paraguai, ocorreu nova discussão que acabou em assassinato. A mulher foi autuada em flagrante, mas a polícia não revelou a motivação do crime.