Murro na boca acaba e assassinato a tiros no Lageado em Campo...

Murro na boca acaba e assassinato a tiros no Lageado em Campo Grande

COMPARTILHAR
Na delegacia, "Dudu" tentou acusar o irmão menor como autor.

Edijalma Hercules dos Santos, 32 anos, foi morto no começo da madrugada desta sexta-feira (15), crime ocorrido no Parque Lageado, em Campo Grande. O autor confesso do crime foi localizado e preso por policiais do Grupo de Operações e Informações – GOI da Polícia Civil.

De acordo com informações, a vítima estaria saindo de uma conveniência no bairro quando foi surpreendida por Walter, (21), que passou a atirar nas costas de Edijalma. Atingida, a vítima correu em busca de ajuda sendo socorrida por uma moradora e em seguida pelo SAMU. Os socorristas constataram a gravidade da vítima e iniciaram procedimentos, mas Edijalna morreu durante o socorro.

Policiais do GOI assumiram o caso ainda no local apurando que indivíduo de apelido “Du”, morador em um barraco na favela dos anjos, nas proximidades seria o autor do crime. Localizado a residência, os investigadores ouviram “Du” contando o crime para a mãe, mas dizia não saber se matou ou não e que não atirou mais porque acabou a munição.

O local foi cercado e ele preso, a mãe entregou a arma do crime, revólver calibre 32 com numeração raspada. Questionando os policiais sobre a situação da vítima, ao saber que havia morrido, Walter disse “ainda bem não vai mais bater na cara de homem”.

“Du” relatou aos policiais que a cerca de uma semana ele e a vítima tiveram um desentendimento e a vítima teria lhe atingido com murro na boca. Após os levantamentos o corpo foi recolhido ao Instituto de Medicina e Odontologia Legal – IMOL e Walter autuado em flagrante na Depac-Cepol.