Mutilador é preso e confessa os crimes em Presidente Venceslau

Mutilador é preso e confessa os crimes em Presidente Venceslau

COMPARTILHAR
Wellington Carlos de Oliveira (Foto: Reprodução/Blog do Toninho)

A polícia prendeu o autor confesso de mutilações ocorridas no final do ano vitimando homens da cidade paulista de Presidente Venceslau, Wellington Carlos de Oliveira de 43 anos. Ele já cumpriu penas e confessou os crimes.

Ele é autor na mutilação do pênis de um homem, do pênis e testículos de uma segunda vítima e também do corte de parte do pênis de um terceiro homem na madrugada do dia 31 de dezembro de 2018 na cidade. Wellington tem passagem pela polícia e ficou preso durante 13 anos por crimes cometidos de atentado violento ao pudor, relativos ao assédio de um jovem de 14 anos na cidade de Araraquara e de uma criança de 6 anos.

De acordo com o Blog do Toninho, ao confessar os crimes, ele disse que é homossexual e que sofre de diversas psicopatias e durante os crimes praticados em Presidente Venceslau estava sobre o efeito de drogas e álcool. Wellington teve prisão preventiva decretada e será enviado a um presídio que abrigue pessoas com esse tipo de comportamento. Não há informação sobre o estado dos mutilados.