Nas “motocas” maconha, nas motos de alto luxo, PRF apreende carga de...

Nas “motocas” maconha, nas motos de alto luxo, PRF apreende carga de cocaína

COMPARTILHAR
"Ostentação" com as máquinas não desviou a atenção da PRF

O narcotráfico aparentemente está decidido a utilizar motocicletas na atividade criminosa, no caso de Mato Grosso do Sul no tráfico de maconha, a opção seria por ser a mais barata em caso de perda, pois são utilizadas motocicletas baratas, muitas das vezes furtadas ou roubadas, a mais possante já apreendida, de 300 cilindradas. Mas a prática da “operação em duas rodas” por parte do narcotráfico chegou na cocaína, porém com o emprego de motocicletas potentes e de grande valor como é o caso das BMW.

O emprego de motos luxuosas no narcotráfico foi constatado nesse domingo no Rio Grande do Sul, com a Polícia Rodoviária Federal apreendendo 59 quilos de cocaína e 100 quilos de pasta base em três motocicletas BMW, na região de Passo Fundo.
Um dos traficantes foi preso e outros dois abandonaram as motocicletas e esconderam-se na mata. A operação de busca teve apoio da Brigada Militar e do Batalhão Rodoviário da BM. O helicóptero da PRF participou do acompanhamento tático e das buscas, mas a dupla em fuga não foi localizada.

Durante operação, os policiais receberam informações do serviço de inteligência que três motocicletas de alta cilindrada procedentes de Santa Catarina estavam entrando no Rio Grande do Sul, suspeitas de envolvimento com algum tipo de crime transfronteiriço.

Os agentes rodoviários federais localizaram os veículos transitando entre as cidades de Ronda Alta e Passo Fundo e montaram uma barreira para abordagem. Os motociclistas tentaram fugir, mas foi montado um cerco policial para interceptá-los.

Dois mototraficantes abandonaram os veículos e correram em direção a uma mata ao lado da rodovia. O outro tentou desfazer-se dos baús de transporte de carga durante a fuga, jogando-os na vegetação. As três motocicletas são da marca BMW, modelo GS, duas delas de 1.250 e uma de 800 cilindradas. As duas maiores tem valor de mercado de mais de R$ 87 mil cada, enquanto a outra está na faixa de R$ 35 mil.

Cada moto estava com três baús para transporte, todos eles repletos de tabletes de drogas. No total, foram apreendidos 59 quilos de cocaína e 100 quilos de pasta base. O homem que não teve o nome divulgado, foi preso em flagrante por tráfico de drogas e encaminhado à Polícia Civil.

Para maconha, “motinhas” de 125 300 cc, para coca, grandes e caras máquinas