No Setembro Amarelo UCP realiza evento para tratar da valorização da vida

No Setembro Amarelo UCP realiza evento para tratar da valorização da vida

COMPARTILHAR

Antônio Coca

Dentro da programação do Setembro Amarelo, organizado mundialmente para combater o suicídio e valorizar a vida, a Universidade Central do Paraguai (UCP) de Pedro Juan Caballero vai realizar pelo canal digital da entidade, uma Mesa Redonda, onde palestrantes com conhecimento no assunto estarão debatendo o tema e ajudando a tirar dúvidas dos acadêmicos e da comunidade em geral.

Foram convidados, o pastor Valdeir de Oliveira Lopes, a psicopedagoga Nelba Raquel de Oliveira e a psiquiatra Ana Delícia Minck e a psicóloga Jéssica Carine Luiz. Eles irão falar sobre o valor da vida, não só para a psicologia mas também no que se refere a espiritualidade, a intenção é não focar no suicídio. “Vamos abordar a questão de uma maneira que o assunto em   si não acarrete em gatilhos, então abordaremos o valor da vida e como buscar ajuda quando for preciso, mas de uma forma diferente e abrangente”, disse a psicóloga Jessica.

Há anos a UCP mantém o setor de Bem Estar Social que oferece atendimento profissional gratuitamente para os alunos da universidade e conta em Pedro Juan Caballero com duas profissionais que atendem de segunda a sexta feiras das 7:00 as 20:30 no Centro Tecnológico 1.

Jéssica disse que neste período de pandemia notou-se um aumento de casos de ansiedade e depressão e por este motivo um grupo está sendo montado para apoiar e orientar os universitários que desenvolveram algum tipo de trauma e tiveram perdas de parentes e conhecido no período pandêmico e agora enfrentam o luto e acabam não sabendo lutar com isso sozinho.

Recentemente um estudo realizado em 43 países mostrou que 27,2% dos estudantes de medicina tinham algum grau de depressão. A análise dos dados da pesquisa aponta ainda que os futuros médicos têm fácil acesso a medicamentos e podem usá-los sem indicação, o que se torna um agravante em quadros depressivos. “Temos que ficar atentos a todos estes indicadores”, disse a profissional.

O evento vai acontecer no dia 10 de setembro, Dia Mundial de Combate e Prevenção ao Suicídio, a partir das 15 horas e estará disponível na plataforma virtual da Universidade Central do Paraguai e vai emitir certificado de participação para os interessados.