Objeto voador não identificado é visto a 50 km de Ponta Porã

Objeto voador não identificado é visto a 50 km de Ponta Porã

COMPARTILHAR

Antônio Coca

Objeto voador (Ovni) foi visto e filmado nesta segunda-feira (12) por uma pescadora que ao perceber algo diferente no céu passou a filmar e fotografar, o fato aconteceu muito rápido porém o suficiente para que a mesma, identificada como M.M, pudesse pegar o celular e registrar tudo.

“Eu estava pescando quando percebi isso no céu foi às 17h40 aqui no Paraguai que eu vi estava pescando na beira do rio Aquidaban localizado em Pedro Juan Caballero, tinha uma luz na ponta que piscava achei estranho, passando o arroio Piky acho que uns 50 km de Ponta Porã, eu estava na beira do rio como sempre fico, dai do nada vi esse risco no céu tirei uma foto mas ai vi que estava subindo ai filmei, eu sempre tiro uma foto do por do sol cada vez que venho aqui só que hoje achei estranho esse risco no céu”. disse a pescadora com exclusividade ao site brasiguaionews.

Outras aparições

Na noite de quarta-feira (1) Moradores de Caracol (386 km de Campo Grande) avistaram um objeto não identificado no céu da cidade. O suposto OVNI apareceu e causou espanto nos moradores da área rural da cidade sul-mato-grossense, o fato foi gravado em vídeo. “To vendo daqui da fazenda Santa Terezinha atrás do morro da Margarida
Ta aparecendo essas luzes lá pelos lados do calcário oroyte”, relatou um morador, o mesmo relatado por morador na Fazenda Ouro Verde.

Em 15 de maio de 2019, o sobrevoo de um ovni (objeto voador não identificado) foi registrado sobre os céus de Aquidauana e região, deixando muitos moradores assustados, durante a noite daquela quarta-feira. A situação foi gravada de vários pontos da cidade e há possibilidade de ser lixo espacial.

O caso mais conhecido aqui no estado é a aparição há 38 anos de um OVNI em partida entre Operário e Vasco na noite de 6 de março de 1982, o Operário, cinco anos após ser semifinalista do Campeonato Brasileiro, vencia o badalado Vasco, de Roberto Dinamite e companhia, por 2 a 0, com direito a dois gols de Jones, pela abertura da segunda fase da Taça de Ouro, nome do então Brasileirão daquela época. Porém, o que mais ficou registrado na memória dos torcedores sul-mato-grossenses foi a visão de um estranho objeto cilíndrico que cruzou os céus do Morenão exalando luzes, contudo sem nenhum ruído.

A questão dos Ovnis ainda é um assunto tratado com reserva pelo governo brasileiro, contudo uma portaria de 9 de agosto de 2010, regulamenta como a Aeronáutica deve proceder no caso de avistamentos. Nesta situação, Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro (Comdabra) seria o órgão responsável por receber e catalogar as notificações referentes a Ovnis. Os registros (“relatados por usuários dos serviços de controle de tráfego aéreo”) devem ser encaminhados ao Centro de Documentação e Histórico da Aeronáutica (Cendoc). Um dos casos mais famosos de ovnis no Brasil ocorreu em 1977 e ficou conhecido como Operação Prato. Militares chegaram a investigar objetos voadores vistos por moradores da cidade de Colares, no Pará. A presença de ovnis, contudo, nunca foi comprovada pela FAB.

Fonte: Brasiguaionews