Operação Assepsia mira combate ao crime diz delegado

Operação Assepsia mira combate ao crime diz delegado

COMPARTILHAR
Ação já resultou em várias apreensões e prisões (Fotos:Adilson Domingos)

O delegado regional da Polícia Civil de Dourados, Lupércio Degerone, disse há pouco que a Operação Assepsia desencadeada na manhã deste sábado em Dourados mira o combate à criminalidade e dos crimes contra a vida e contra o patrimônio. De acordo com o policial não há nenhum, alvo em especifico, mas sim o cumprimento de mandados de prisão expedidos baseados em trabalhos de investigação feitos anteriormente.

A operação foi organizada pela Polícia Civil de Dourados e movimenta mais de 300 policiais civis e militares das delegacias de Dourados, Fátima do Sul e Naviraí, do Departamento de Operações de Fronteira, do Garras de Campo Grande, da DERF e do Grupo de Policiamento Aéreo (GPA) da Secretaria de Segurança Pública que enviou um helicóptero.

Ruas são fechadas para buscas e prisões

“Estamos cumprindo os mandados e as ordem de prisões e isso vai dar mais tranquilidade ainda para a população. Ações como estas fazem parte do plano de segurança em várias cidades e hoje foi a vez de Dourados”, disse o delegado regional.

Em uma tentativa de abordagem um dos procurados na operação identificado como Joel Mendes Campos que seria ligado a uma facção criminosa morreu depois de reagir contra policiais que foram prendê-lo. No final da manhã haverá uma entrevista coletiva na Polícia Civil onde será apresentado o resultado da operação.

Equipe do helicóptero da segurança aos policiais em terra