Operação destruiu mais de 669 toneladas de maconha no Paraguai

Operação destruiu mais de 669 toneladas de maconha no Paraguai

COMPARTILHAR

As forças de segurança compostas pela SENAD, FTC, Força Aérea e Polícia Federal do Brasil, em coordenação com o Ministério Público, iniciaram há 8 dias a “Operação Nova Aliança XXX”, que até então afetou as finanças do tráfico de maconha com perdas de pelo menos 20 milhões de dólares. Grande parte da operação ocorre em áreas pertencentes aos bairros Estrella e Ñu Vera, locais onde tem aumentado a descoberta de campos de produção de maconha e já foram destruídos 68 centros de processamento.

Sobre a erradicação de áreas ilícitas, as equipes trabalharam na destruição de cerca de 220 hectares de plantações, equivalentes a 660 toneladas da droga, valor a que se soma a eliminação de 9.683 quilos de maconha pronta encontrada nos acampamentos. De acordo com o plano operacional, a operação será estendida por mais tempo, uma vez que equipas de patrulhamento estão mobilizadas pela serra para verificar propriedades rurais onde pode estar ocorrendo a produção e tráfico de maconha.