Outra “parte” do muro de contenção do rio Anhanduí desaba, agora sem...

Outra “parte” do muro de contenção do rio Anhanduí desaba, agora sem chuva

COMPARTILHAR
Desmoronamento gera perigo no local. (Foto: Reprodução/Midiamax)

Menos de um mês depois que um paredão do muro de contenção no rio Anhanduí desabou durante um temporal, outro foi abaixo agora sem chuva nem vento na avenida Ernesto Geisel. O desabamento aconteceu na tarde desta terça-feira (10

Quase 20 dias depois da queda de um muro de contenção do rio Anhanduí cair durante temporal, outra encosta, na avenida Ernesto Geisel, em Campo Grande, cedeu na tarde desta terça-feira (10) obrigando a interdição parcial da pista. Moradores e quem precisa transitar pela região, já se mostra assustados com o problema que assim como a obra, parece não ter fim.

O secretário da Sisep (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos), Rudi Fioresi, esteve no local verificando o trabalho dos operários durante os reparos na estrutura. De acordo com Fioresi, na semana passada, em razão da chuva, a empreiteira já tinha iniciado os reparos e os técnicos já tinham notado uma fissura onde a placa cedeu. “São placas com mais de 50 toneladas e essa parte não é da obra de agora, é de um canal de alguns anos atrás não fazendo parte do projeto de revitalização”.