Parceria entre indústria, Senai e Estado viabiliza 40 mil cortes de TNT...

Parceria entre indústria, Senai e Estado viabiliza 40 mil cortes de TNT para produção de máscaras

COMPARTILHAR

Parceria entre a indústria do vestuário Corttex, que tem unidade em Três Lagoas, o Senai, a Semagro (Secretaria Estadual de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) e a Sedhast (Secretaria Estadual de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho) viabiliza 40 mil cortes de TNT para a produção de máscaras faciais utilizadas no combate à pandemia mundial do novo coronavírus (Covid-19).

Os cortes foram doados para a unidade 2 do Programa Rede Solidária, localizada no Bairro Jardim Noroeste, em Campo Grande, e serão utilizados para a produção de máscaras para a comunidade local. “As doações são uma forma de ajudar o Estado e a população em um momento de crise como este que o mundo todo enfrenta. Sabemos da gravidade da situação e acredito que os empresários precisam unir forças para ajudar os mais necessitados. Nesse momento, a solidariedade deve vir primeiro, para que juntos consigamos sair dessa crise o mais rápido possível e com o menor número de perdas”, afirmou o empresário Roberto Faé, diretor da Corttex.

Já o diretor-regional do Senai, Rodolpho Caesar Mangialardo, também reforça o apoio da instituição à sociedade neste momento. “Estamos desenvolvendo soluções para toda a sociedade nesse momento, com produção de álcool glicerinado, manutenção de respiradores, produção de pães e máscaras, enfim, uma série de ações. E agora nossas equipes de costura fizeram os cortes desses 2 mil metros quadrados de tecidos, que vão virar 40 mil máscaras”, comentou.

Ele acrescenta que o tempo gasto para a realização dos cortes foi de um dia. “Porque utilizamos as nossas máquinas. Se esses cortes fossem feitos à mão, levaria cerca de 10 dias para essa atividade, com perda de aproximadamente 30% do tecido. Além disso, estamos vendo a possibilidade de colocarmos um instrutor do Senai para auxiliar as costureiras da Rede Solidária que trabalharão na produção dessas máscaras”, destacou.

Para a titular da Sedhats, Elisa Nobre, esses cortes ajudarão as 700 famílias beneficiadas pelo programa Rede Solidária. “Também utilizaremos a mão de obra de costureiras que foram formadas pelo curso de costura oferecido pelo Senai por meio do programa. Além dessas famílias, essas máscaras irão beneficiar instituições de assistência, comunidades indígenas e a população de modo geral. Estamos muito felizes com esse apoio da Corttex e também do Senai para nos auxiliar nesse momento”, finalizou.