Pente-fino no Semiaberto de Corumbá encontra de drogas a cachaça

Pente-fino no Semiaberto de Corumbá encontra de drogas a cachaça

COMPARTILHAR
Celular, drogas e cachaça, o "estoque" dos pesos. Foto: Divulgação Agepen.

Uma operação pente-fino realizada nessa terça-feira (13), no Estabelecimento Penal Semiaberto de Corumbá resultou na apreensão de grande quantidade de objetos e produtos proibidos em presídios. A ação foi realizada por grupo especial de operações da Agepen (Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário).

Com a operação que durou cerca de quatro horas, agentes do COPE – Comando de Operações Penitenciárias – apreenderam celulares, carregadores, maconha, cocaína e cachaça. Quatro internos foram encaminhados para a Polícia Civil, interrogados e reconduzidos ao presídio.

No andamento do pente-fino, em apenas uma das 11 celas os internos tentaram não acatar as ordens dos agentes e foi preciso empregar técnica não letal para contê-los. Todos os agentes estavam usando munição de borracha, mas não foi necessário disparar nenhum tiro.

COPE

O Comando de Operações Penitenciárias (COPE), que é subdividido em Grupo de Intervenção Tática (GIT) e Grupo Tático de Escolta (GTE), foi criado pela Agepen com objetivo de disciplinar normas e condutas nas atividades de intervenção rápida em ambiente carcerário, vigilância de muralhas e guaritas, escolta de presos e revistas de segurança nos presídios de Mato Grosso do Sul, até recentemente a cargo da Polícia Militar.

Atuam no grupo especial, agentes penitenciários da área de Segurança e Custódia que concluíram cursos especializados e treinamentos. A intenção é que a equipe seja ampliada gradativamente, conforme necessidade e conveniência da Agepen.