Pescaria gratuita em parque de Dourados entra no 4º dia

Pescaria gratuita em parque de Dourados entra no 4º dia

COMPARTILHAR
Famílias e amigos se encontram no lado. (Fotos: Marcos Morandi)

Moradores de Dourados, maior cidade do interior de Mato Grosso Sul, tem até o domingo de Páscoa (17) para garantir a presença de peixe gratuito no cardápio. Desde a última quarta-feira O Parque Antenor Martins está aberto para pescaria no lago que recebeu três toneladas tilápias e pacus.

O local estava fechado por medidas de biossegurança há mais de dois anos, desde o início da pandemia da Covid-19 e tem atraído centenas de pessoas, que têm enfrentado chuva e frio para se reunir com amigos e familiares e tentar a sorte. O casal Odete Leal, 66 anos e Nilton César da Silva, 67 conseguiu pescar sete pacus em apenas um dia.

Além de douradenses, a pescaria no Parque do Lago tem atraído moradores de outras cidades. Carlos Vieira Estigarribia é de Ponta Porã e na sexta-feira (15) esteve com a família no local. “Consegui pegar duas tilápias e amanhã devo voltar para ver se consigo fisgar alguns pacus”, disse o visitante da cidade que faz fronteira com Pedro Juan Caballero.

Em outro ponto do parque Antenor Martins, que recebeu três toneladas de pescado, Luís Sanches, também mostra os dois tambaquis e um pacu que irá reforçar o almoço de Páscoa. Ele é trabalhador da construção civil e disse que iria aproveitar a folga para relaxar e também fazer uma economia no orçamento do mês.

Conversa com amigos

Independente da longa espera, Luís acredita comemora a reabertura do local para pescaria. “Esse é um lugar agradável onde a gente pode curtir a natureza e ainda rever amigos”. Ali perto, Carlos Mendonça reclama da sorte. “Já estou aqui há algumas horas e só levei picadas de mosquitos. Mas mesmo assim não vou desistir. Pelos damos muitas risadas”, comenta Carlos.

Entre um gole de água e algumas postagens, um adolescente ainda desajeitado na hora de colocar a isca no anzol, aproveita para fazer piada da própria falta de sorte. “Eu não peguei nada ainda, mas meu amigo também não, pelo menos não vou sair daqui como pé frio sozinho. Tem mais gente que está na mesma situação que eu”, brinca o rapaz.

Pescaria segue até domingo.