Petroleiro “BW Rhine” explode na costa da Arábia Saudita

Petroleiro “BW Rhine” explode na costa da Arábia Saudita

COMPARTILHAR
Tripulação teria controlado o incêndio.

Explosão de origem indeterminada afetou um petroleiro ao largo da cidade portuária de Jidá, na Arábia Saudita – anunciou a empresa proprietária do navio, nesta segunda-feira (14), no que parece ter sido um ataque. Nos últimos meses, os rebeldes huthis do vizinho Iêmen intensificaram os ataques contra a Arábia Saudita, em retaliação à campanha militar que vem realizando no país em apoio ao governo iemenita.

O petroleiro “BW Rhine” foi “atingido por uma fonte externa, enquanto descarregava em Jidá”, no oeste do reino, disse a empresa de navegação de Singapura Hafnia em um comunicado, sem dar detalhes. “A tripulação controlou o incêndio com a ajuda dos bombeiros, e nenhum dos 22 marinheiros ficou ferido”, acrescentou a mesma fonte.

As autoridades sauditas ainda não confirmaram a explosão, que ocorreu no domingo, frente a Jidá, um importante porto no Mar Vermelho e centro de distribuição para o gigante do petróleo saudita Aramco. A Hafnia relatou “danos no casco” relacionados à explosão e não descartou a possibilidade de vazamento de petróleo.

“É possível que tenha saído petróleo do navio, mas isso ainda não foi confirmado”, disse a empresa. A Dryad Global, uma empresa de vigilância oceânica com sede em Londres, relatou a explosão de domingo e disse que ela atingiu um navio-tanque “no principal ponto de ancoragem” no porto da Aramco, em Jidá.