Piloto incendeia em pleno Pantanal avião usado no transporte de cocaína

Piloto incendeia em pleno Pantanal avião usado no transporte de cocaína

COMPARTILHAR
Incêndio não evitou constatar presença de cocaína. (Divulgação)

A Polícia Militar de Mato Grosso e a Polícia Federal fazem buscas na região do Pantanal à procura dos ocupantes de uma aeronave que seria usada no narcotráfico entre Brasil e Bolívia. O avião foi interceptado na manhã deste sábado (7) por um caça A-29 da Força Aérea Brasileira (FAB) quando saiu do território boliviano e entrou clandestinamente no espaço aéreo brasileiro em Mato Grosso.

Em seguida à constatação do voo, uma equipe do Ciopaer foi acionada para acompanhar o caso de perto diante da ordem dos pilotos da FAB para que o piloto civil pousasse imediatamente sob pena de abate.

Diante da pressão por estarem interceptados o piloto da aeronave mono motor, possivelmente Cessna 210, fez um pouso de emergência na região do pantanal mato-grossense. Ao desembarcarem, piloto e acompanhante incendiaram a aeronave para não deixar vestígios do que estavam praticando.

Em seguida os ocupantes fugiram pela região de mata e estão sendo caçados. Apesar da destruição da aeronave, a polícia conseguiu identificar que havia cocaína nele. Também foi possível aos policiais, a identificação da matrícula da aeronave, o que levará ao proprietário e possivelmente piloto.