Pistoleiros usaram fuzil na execução de empresário do MS em São Paulo

Pistoleiros usaram fuzil na execução de empresário do MS em São Paulo

COMPARTILHAR
Veículo recolhido para perícia.

Levantamentos realizados pela polícia no local do crime, revelaram que o empresário Juliano Gimenez Medina, assassinado na tarde desta quarta-feira (8), na estrada Henrique Furlan em São Pedro, São Paulo, foi executado com tiros de armas de diferentes calibres, inclusive fuzil, sendo cartuchos vazios apreendidos no local do crime. Socorro chegou a ser acionado, mas Juliano não resistiu.

Conforme informação apurada pelo G 1, câmeras de segurança registraram quando pistoleiros se aproximam em dois veículos, um Fox preto e um HB20 sedan branco, fecham o veículo da vítima, um Jeep Commander OVR, e começam a atirar disparando entre 20 e 30 tiros. Um dos veículos que possivelmente foi utilizado na execução, foi abandonado na serra de Santa Maria da Serra. Juliano Medina é de Ponta Porã, proprietário do Kart Porã e posto de combustíveis. O corpo dele segue no Instituto Médico Legal e deve ser liberado nesta quinta-feira.