Pitbull mata uma criança, deixa outra ferida e é abatido pela polícia

Pitbull mata uma criança, deixa outra ferida e é abatido pela polícia

COMPARTILHAR

No final da tarde de domingo (18), durante patrulhamento, equipe da Polícia Militar de Goiás avistou um pitbull com a boca suja de sangue, no Parque Paulistano Gleba B, em Luziânia. De acordo com os policiais, ao mesmo tempo pessoas gritavam desesperadas próximo ao cachorro.

Os policiais foram informados que o pitbull, animal de estimação da família, atacou duas crianças, de 7 e 2 anos. Ao tentar conter o cachorro, a equipe da PM também se tornou vítima de ataque do animal, quando para contê-lo, foi preciso que um dos policiais atirasse abatendo o animal enfurecido.

Segundo os policiais, mesmo depois de morto, populares queriam estrangular o cachorro, que precisou ser colocado na viatura. A criança de 7 anos ficou ferida no antebraço e a de 2, na região do pescoço, sendo as duas socorridas e levadas para a UPA de Luziânia, onde a de 2 anos morreu.
O pai das crianças e testemunhas foram encaminhadas para a Polícia Civil. Conforme a autoridade policial, não há informações suficientes para supostas acusações ao pai por homicídio culposo e lesão corporal culposa.