Polícia apura se operário morto em obra usava equipamento de proteção

Polícia apura se operário morto em obra usava equipamento de proteção

COMPARTILHAR
Foto: Direto das ruas.

A Polícia Civil irá instaurar inquérito de morte a esclarecer para apurar as circunstâncias da morte do trabalhador na construção civil Elder Quieregart Camilo, de 32 anos. O operário morreu por volta de 10h30 dessa quinta-feira (16), em uma obra no Alphaville 4, em Campo Grande.

Elder estava com outro operário na parte superior quando teria se apoiado em uma platibanda ainda sem colunas e caiu de uma altura de sete metros. O Corpo de Bombeiros foi acionado chegando rapidamente ao local com uma Unidade Avançada e durante o socorro o estado do trabalhador se agravou e apesar das tentativas de reanimação ele não resistiu.

O caso está registrado na 3ª Delegacia de Polícia que apura a questão do uso de Equipamento de Proteção Individual – EPI, que não estaria sendo utilizado pela vítima e demais trabalhadores.